Menu
Resultados Ligue para nós
(48) 3433-7111
OdontoImagem Lab

POR QUE PRECISAMOS DE UMA REGULAMENTAÇÃO PARA A ODONTOLOGIA DIGITAL?

18/06/2020

POR QUE PRECISAMOS DE UMA REGULAMENTAÇÃO PARA A ODONTOLOGIA DIGITAL?

A sociedade e a humanidade tais como conhecemos está mudando com maior velocidade. Realidades consideradas fundamentais já não existem mais. A forma como nos comunicamos, nos locomovemos, produzimos e controlarmos o
ambiente ao nosso redor sofreu profundas alterações ao longo do tempo. Toda esta mudança radical vem sendo imposta, principalmente, pela evolução tecnológica. Segundo Yuval Harari, considerado um dos mais importantes pensadores da atualidade, durante milênios o mundo precisou se ocupar com a fome, a peste e as guerras, problemas que, se hoje ainda existem, isto ocorre por questões políticas e não pela incapacidade humana. Pessoas morrem de aids na África por não terem acesso ao tratamento e não porque o tratamento não existe. Esta nova realidade global deu espaço para que a ascensão tecnológica pudesse ser direcionada para melhorar e dinamizar os meios de produção. Criando, não apenas uma nova fase da revolução industrial, chamada de “4ª revolução”, mas algo muito mais profundo e com capilaridades na forma de produzir. A Revolução Tecnológica 4.0 vem modificando drasticamente cada processo produtivo e de negócios. Os produtos e serviços precisam ser “reinventados” para conduzir uma mudança na produtividade e nos resultados. Nas duas últimas décadas, a internet, smartphones, mídias sociais, o aprendizado de máquinas, novas capacidades de hardwares e softwares transformaram a maneira como as pessoas vivem, interagem,investem e compram. Todo este novo cenário forçou a alteração na forma como os produtos e serviços são concebidos, criados e oferecidos. Sem dúvida alguma, somente as empresas e pessoas que melhor se adaptarem a este novo cenário, conseguiram sobreviver. A tecnologia não é mais uma opção, e sim um fato imposto e obrigatório a quem quer e precisa produzir. A odontologia não está fora deste contexto, sofreu e vem sofrendo grandes mudanças impactadas pela revolução 4.0. A “Odontologia Digital”, praticada pela aplicação de tecnologias capazes de transformar os tratamentos, vem deixando os procedimentos odontológicos mais rápidos, mais precisos e mais previsíveis, trazendo possibilidades de planejamento e execução que não são factíveis dentro de um fluxo de trabalho convencional.


Esta nova Odontologia vem ganhando terreno e proporcionando aos pacientes, no mundo inteiro, procedimentos com maior previsão de resultados, conforto, segurança e rapidez. Novos materiais, scanners, softwares de planejamento, fresadoras e impressoras 3D promovem a Odontologia do século 21. Assistimos uma verdadeira revolução que vem transformando os tratamentos odontológicos como os conhecemos hoje, impondo ao Cirurgião-Dentista novas competências e habilidades. O Brasil sempre ocupou um papel de protagonismo na Odontologia mundial, sendo considerado pela ONU umas das três melhores do mundo e tendo três centros de formação entre os cinco melhores em todo planeta. Em relação à tecnologia, apesar do Brasil não apresentar índices baixos, não é um case de destaque quando se considera as 10 maiores economias mundiais onde, entre estes, somos o 9º mercado de tecnologia do mundo. Segundo Winston Oyadomari, coordenador de pesquisas no Cetic (centro de estudos da tecnologia da informação e comunicação) os indicadores que mostram o acesso à tecnologia na população do Brasil tiveram um crescimento importante a partir de 2014, mas ainda tem índices abaixo de países desenvolvidos na América do Norte e Europa.

 

Talvez essa seja uma das causas para que a Odontologia Digital não apresente, no Brasil, a expansão vista nos países desenvolvidos,fato que coloca em risco a manutenção da posição atual da Odontologia brasileira com relevante qualidade em nível mundial. A regulamentação da Odontologia Digital no Brasil pelo Conselho Federal de Odontologia, pode estimular seu crescimento, por meio da inclusão de conteúdo e carga horária obrigatórios nas pós-graduações, criando condições para que o país não perca seu protagonismo na Odontologia mundial. Além disso, de acordo com Norberto Bobbio, na obra “Teoria da Norma Jurídica”, é fundamental que as normas e leis acompanhem os avanços e as dinâmicas sociais, tecnológicas, econômicas e culturais de uma sociedade, para que não cresça a sensação de injustiça. A utilização de softwares e hardwares aplicados na Odontologia Digital vem crescendo entre profissionais que não são Cirurgiões-Dentistas. Já é possível verificar planejamentos digitais de tratamentos como ortodontia ou implantes dentários, sendo realizados por técnicos em prótese dentária ou mesmo técnicos em TI, ou simplesmente jovens com facilidade no manuseio de tecnologias virtuais. Estas são situações que precisam ser discutidas e regulamentadas, a fim de que garantam o crescimento e a evolução da Odontologia brasileira de forma ética e responsável. Mantendo o nosso Cirurgião-Dentista na posição de destaque
que merece e que sempre ocupou.

 

Jean Santos
CRO News - ed. 102
Informativo do Conselho Regional de Odontologia do PR

Confira as
novidades

Marque seus exames conosco!
Clique aqui